RSS Feed

Cerveja Blanche de Namur

07/10/2011 by Thalita

Depois de ouvir alguns pedidos, algumas sugestões e muitos pitacos com relação à minha sugestão cervejeira da semana passada, ponderei que seria bacana seguir com a mesma linha lógica que me fez escrever sobre a Erdinger Weissbier: apresentar aos novos bebedores opções de cervejas diferenciadas, mas com boa drinkability, de modo a atrair e – por que não? – conquistar novos cervejeiros apaixonados. Em outras palavras, dedicarei alguns posts a introduzir os leitores do Na Minha Mesa aos diversos tipos de cerveja indicando birras fáceis de beber, que não “assustarão” as papilas gustativas de ninguém, até que todos os paladares estejam preparados para degustar os sabores mais fortes e marcantes dessa bebida milenar.

 

Pois bem, no último fim de semana, meu namorado comemorou seu aniversário em um local muito bacana – o Clube do Malte –, onde nós, é claro, aproveitamos a oportunidade para experimentar algumas cervejas novas. Das bebidas degustadas, duas me chamaram a atenção por seus traços interessantes e boa drinkability, e é sobre elas que vou falar neste e no próximo post.

 

Hoje, as glórias vão para uma Blanche (ou Witbier, ou ainda Belgian White), um tipo de cerveja de trigo característico da Bélgica. A Blanche de Namur é uma bebida que apresenta todos os traços típicos de uma Witbier – coloração amarelo palha, notas cítricas e corpo leve –, mas de maneira extremamente suave, praticamente livre de amargor. O aroma é bem marcante e apresenta notas fortes de laranja e de coentro. O sabor segue o aroma: um delicioso gostinho cítrico, remetendo a laranja lima, seguido de retrogosto um pouco condimentado, mas com baixíssimo teor amargo.

 

Fonte da imagem: www.bocq.be

 

O corpo é bastante leve – quase aguado – e a espuma é de formação média e não muito duradoura. Assim como a Erdinger, ela combina de forma muito equilibrada todas as características típicas de seu estilo, mas de maneira muito suave. Ótima drinkability e certamente uma das cervejas mais refrescantes que já tomei.

 

Na semana que vem, retornarei à Alemanha, mas dessa vez para falar de uma lager! Prost!


5 Comments »

  1. Mariana Brito says:

    Humm, deu vontade, ainda bem que hoje é sexta. Manda aí uma dica de petisco para harmonização!

    • Thalita says:

      Olha, as Witbiers, no geral, harmonizam bem com pratos mais leves, como saladas, peixes e frutos do mar. Pra uma dica mais específica, de um prato específico, a And tem que me ajudar!!

  2. Andressa says:

    Olha, eu nunca experimentei a Blanche de Namur, mas se a Thali tá dizendo que harmoniza melhor com pratos leves acho que ficaria fantástica com uma peixe grelhado com um molho forte para contrastar: um molho de alcaparras cairia suuuper bem em um filé de salmão ou de tilápia. Consigo pensar em duas ideias de molho de alcaparras, um deles quente com as alcaparras refogadas, acrescentando-se creme de leite; o outro, frio, seria bater no liquidificador as alcaparras com um pouquinho de mostarda e bastante azeite extravirgem…
    Ajudei?? Espero que sim!

  3. [...] = [];}Cumprindo o prometido, hoje desembarco mais uma vez na Alemanha para continuar o post que escrevi na semana passada, no qual falei de uma deliciosa Witbier que experimentei no Clube do Malte. Até então, eu sugeri [...]

  4. vimax brasil says:

    Bravo, sua opinião é útil

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>